post-title Você sabe o que é gastroenterite?https://i0.wp.com/www.clinicagastrobese.com.br/wp-content/uploads/Snap_2017.11.27_16h10m01s_008_.jpg?fit=845%2C573 2017-11-27 16:15:54 yes noPostado por

Você sabe o que é gastroenterite?

Gastroenterite aguda compreende uma série de infecções ou irritações do trato gastrointestinal, transmitidas principalmente por alimentos ou bebidas que contém bactérias, parasitos, vírus ou químicos prejudiciais ao homem. Apresenta-se geralmente com vômitos, diarreia, dor abdominal, febre e calafrios. Aparecem subitamente e duram por um período curto, sendo que a maioria das pessoas se recupera sozinha, […]

Postado por

Gastroenterite aguda compreende uma série de infecções ou irritações do trato gastrointestinal, transmitidas principalmente por alimentos ou bebidas que contém bactérias, parasitos, vírus ou químicos prejudiciais ao homem. Apresenta-se geralmente com vômitos, diarreia, dor abdominal, febre e calafrios. Aparecem subitamente e duram por um período curto, sendo que a maioria das pessoas se recupera sozinha, sem qualquer tratamento. Raramente ocorrem complicações mais graves.

Quais as causas?

A maioria delas são causadas por bactérias e vírus prejudiciais ao homem. Alguns parasitos e químicos também a pode causar.

Bactérias

Algumas bactérias já podem estar presentes nos alimentos quando eles são adquiridos. Alimentos crus, em seu estado natural, como a carne, aves domésticas, peixe e crustáceos, ovos, leite não pasteurizado e laticínios, e produtos frescos frequentemente contém bactérias que podem causar a gastroenterite aguda.

A bactéria pode contaminar o alimento – tornando-o prejudicial para comer – em qualquer tempo durante o cultivo, colheita ou abate, processamento, armazenamento e entrega.

Os alimentos também podem ser contaminados com bactérias durante a sua preparação num restaurante ou numa cozinha doméstica. Se o manipulador (aquele que prepara o alimento) não lava intensivamente suas mãos, utensílios de cozinha, tábuas de corte e outras superfícies da cozinha que entram em contato com os alimentos crus ou em seu estado natural, a contaminação cruzada – espalhar a bactéria de um alimento contaminado para outro não contaminado – pode ocorrer.

Se os alimentos quentes ou frios não são mantidos na temperatura suficiente, a bactéria pode se multiplicar. A bactéria se multiplica rapidamente quando a temperatura do alimento está entre 4.C e 60.C. Os alimentos frios devem ser mantidos abaixo de 4.C e os alimentos quentes acima de 60.C. A bactéria se multiplica mais vagarosamente quando o alimento é refrigerado.

Quando o alimento é congelado pode diminuir ou mesmo interromper a disseminação da bactéria. Entretanto, a bactéria nos alimentos refrigerados ou congelados torna-se ativa novamente quando os alimentos são colocados na temperatura ambiente. O cozimento total dos alimentos mata a bactéria.

Muitos tipos de bactérias podem ocasionar a gastroenterite aguda. As mais comuns são:
Salmonella, uma bactéria encontrada em muitos alimentos como carne crua ou mal cozida, aves domésticas, laticínios e frutos do mar. Também pode estar na casca e dentro do ovo.
Campylobacter jejuni, encontrado no franco cru ou mal cozido e no leite não pasteurizado.
Shigella, uma bactéria que se propaga de pessoa para pessoa. Esta bactéria está presente nas fezes de pessoas que estão infectadas. Se essas pessoas não lavam suas mãos intensivamente após usarem o banheiro, elas podem contaminar os alimentos por elas manuseados ou preparados. A água contaminada com fezes infectadas também podem contaminar os produtos no campo.
Escherichia coli é composta por várias cepas, sendo que somente poucas causam a doença no homem. A cepa O157:H7 é a que causa a doença mais grave. As fontes mais comuns são o hamburger cru ou mal passado, sucos de frutas e leite não pasteurizados e produtos frescos.

Viroses

As pessoas podem passar o vírus de uma pessoa para outra. Eles estão presentes nas fezes ou vômitos de pessoas contaminadas. As pessoas infectadas por um vírus  podem contaminar alimentos e bebidas, especialmente se elas não lavam  suas mãos completamente após usar o banheiro.

As fontes comuns de viroses transmitidas pelos alimentos são:

alimento preparado por uma pessoa infectada pelo vírus
moluscos provenientes de águas contaminadas
produtos irrigados com água contaminada

Quem pode adquirir a gastroenterite aguda?
Qualquer pessoa pode ser infectada. Entretanto, algumas tem maior probabilidade que outras como?

bebês e crianças
mulher grávida e seu feto
pessoas com deficiência imunológica
Este grupo também tem uma maior risco de desenvolver sintomas graves ou complicações da gastroenterite aguda.

Quais são os sintomas?

Os sintomas dependem da causa. Os sintomas comuns de muitas doenças originadas nos alimentos são:
vômitos
diarreia ou diarreia sanguinolenta (disenteria)
cólicas abdominais
febre
calafrios
Os sintomas podem variar de leves a sérios e podem durar de poucas horas a vários dias.

Quais são as complicações?

A principal complicação é a desidratação. Ela pode ocorrer quando a pessoa não bebe a quantidade suficiente de líquidos para repor o que foi perdido através do vômito e diarreia. Quando desidratado, falta ao corpo a quantidade suficiente de líquidos e eletrólitos (sódio, potássio, cloreto) para funcionar adequadamente. Bebês, crianças, idosos e pessoas com sistema imune deficiente estão no grupo de maior risco de ficarem desidratados.

Os sinais de desidratação são:

sede excessiva
diminuição do número de micções (urinar)
urina escura
letargia, tonturas ou desmaios

Os sinais de desidratação em bebês e crianças tenras são:

boca e língua seca
ausência de lágrimas ao chorar
fraldas secas por 3 ou mais horas
febre alta
comportamento sonolento ou debilitado
olhos e bochechas encavados

A desidratação grave podem requerer reposição endovenosa de líquidos e, mesmo, internação hospitalar.

Outras complicações existem, porém são mais raras.

A pesquisa médica sugere que um episódio de gastroenterite aguda pode levar a desordens crônicas como a artrite reativa, síndrome do intestino irritável e síndrome de Guillain-Barré (fraqueza ou paralisia muscular, que se inicia na parte baixa e progride para a parte alta do corpo, a maioria se recuperndo em 6-12meses).

Quando uma pessoa com gastroenterite aguda deve procurar atendimento médico?

Pessoas com qualquer um dos seguintes sintomas deveriam procurar atendimento médico imediatamente:

sinais de desidratação
vômitos prolongados impedindo a administração de líquidos
diarreia por mais de 2 dias em adultos ou mais que 24 horas em crianças
dor acentuada no abdome ou reto
febre maior que 38.C
fezes contendo sangue ou pus
fezes pretas ou tipo piche
sintomas neurológicos

Como é diagnosticada a gastroenterite aguda?

A pessoa será questionada pelo médico sobre os sintomas, alimentos e bebidas ingeridas recentemente e sua história médica. Também será realizado o exame físico para observar sinais da doença.
Exames laboratoriais podem ser solicitados para confirmar o diagnóstico clínico. Eles geralmente são desnecessários se os sintomas forem leves e durarem somente um curto período.

Como é tratada?

O único tratamento necessário para a maioria das gastroenterites agudas é a reposição dos líquidos e eletrólitos perdidos, para prevenir a desidratação.
O uso de medicamentos por conta própria deve ser evitado, principalmente se tiver diarreia sanguinolenta, pois elas podem prolongar o problema. Medicamentos para tratar adultos com diarreia podem ser perigosos para bebês e crianças e devem ser administrados somente por orientação médica.
A hospitalização pode ser necessária em alguns casos.

Como deve ser a dieta nesse período?

Os seguintes passos podem ajudar a aliviar os sintomas e prevenir a desidratação em adultos com gastroenterite aguda:
beber uma porção de líquidos tais como suco de frutas, bebidas esportivas (gatorade, p. ex.), refrigerantes decafeinados e caldos de carne, para repor líquidos e eletrólitos
bebericar pequenas quantidades de líquidos claros ou chupar cubos de gelo se os vômitos ainda forem um problema
reintroduzir gradualmente os alimentos, iniciando com alimentos leves, facilmente digeríveis como arroz, batata, torradas ou pão, cereal, carne magra, molho de maçã e bananas
evitar gordurosos, alimentos açucarados, laticínios, cafeína e álcool até a recuperação completa.

Bebês e crianças apresentam aspectos especiais. Elas se tornam mais rapidamente desidratadas pela diarreia e vômito devido ao seu menor tamanho corporal.

Os seguintes passos podem ajudar na sua prevenção:
administrando soluções de reidratação oral
dar alimentos o mais cedo possível quando a criança tiver fome
administrando aos bebês o leite materno ou fórmulas completas, como de costume, junto com as soluções de hidratação oral

Os idosos e adultos com  deficiência do sistema imune deveriam também beber soluções de hidratação oral para prevenir a desidratação.

Como a gastroenterite aguda pode ser prevenida?

A gastroenterite aguda pode ser prevenida pelo armazenamento, cocção, limpeza e manipulação adequada dos alimentos.

Os alimentos perecíveis, crus ou cozidos, que podem estragar, deveriam ser refrigerados ou congelados imediatamente. Se um alimento perecível fica à temperatura ambiente por mais que duas horas, eles já podem não ser mais seguros para comer. Os refrigeradores devem estar regulados para 4.C ou menos e os congeladores (freezers) para -18.C.

Os alimentos deveriam ser cozinhados pelo tempo necessário e a temperaturas altas o suficiente para matar as bactérias prejudiciais que causam a doença. Um termômetro de carne deveria ser utilizado para se ter certeza que s alimentos estão sendo cozidos para a temperatura interna apropriada.

>     62.C para carne assada, filés e costeletas de carne, vitela, porco e ovelha, seguido por 3 minutos de descanso após a carne ser removida da fonte de calor
>      71.C para carne, vitela, porco ou ovelha moídas
>      74.C para aves domésticas

Alimentos frios devem ser mantidos frios e alimentos quentes  devem ser mantidos quentes.

Frutas e vegetais devem ser lavados em água corrente antes de comer, cortar ou cozinhar. Uma escova pode ser usada com água corrente para limpar frutas e vegetais com casca grossa, firme.
Carne crua de bovino, de aves domésticas, frutos do mar e seus sucos devem ser mantidos longe dos outros alimentos.

As pessoas devem lavar suas mãos por ao menos 20 segundos com água quente e sabão antes e depois de manipular produtos crus de carne, aves domésticas, peixe, moluscos ou ovos. Também lavá-las após utilizar o banheiro, trocar fraldas ou tocar em animais.

Utensílios e superfícies devem ser lavados com água quente e sabão antes e depois de serem utilizados para preparar os alimentos. Alvejante diluído -1 colher de chá de alvejante para 1 quarto de água quente- também pode ser usada para higienizar superfícies e utensílios.

Fonte: esadi

Deixe uma resposta

Carregando…
%d blogueiros gostam disto: